contato@mldadv.com | +55 (11) 3031-8378 e 3031-8514

E aí? Os herdeiros legítimos poderão se opor ? Podem retirar a página do ar? Qual a natureza jurídica dessa “designação” que pretende produzir efeitos depois da morte?

Facebook anuncia ‘herdeiro’ para gerenciar vida virtual após a morte

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (12) que vai facilitar o processo da “vida virtual pós-morte” e permitir que as pessoas designem alguém para ser o responsável por suas páginas se o pior lhes acontecer.

A rede social, que tem 1,23 bilhão de usuários mensais, disse que a medida é uma resposta a centenas de milhares de pedidos de internautas.

Pela ferramenta, a pessoa encarregada de administrar a conta poderá fazer um último post (para anunciar a data do enterro ou uma mensagem especial), responder a pedidos de amizade e atualizar a foto de capa e de perfil.

Sob uma autorização específica, também será possível fazer o download de imagens e textos da página.

Será algo diferente de simplesmente usar a senha do internauta e entrar em seu perfil. Esse administrador não poderá editar o conteúdo, apagando uma foto constrangedora, por exemplo, ou ler as mensagens privadas.

Os internautas podem escolher apenas uma pessoa por vez para ser a “herdeira” de seu perfil no Facebook. Mas é possível mudar de ideia: se você brigar com aquele amigo escolhido ou se divorciar, por exemplo.

De acordo com a companhia, esses recursos foram os mais pedidos pelos internautas. “Houve o caso de uma mãe que disse que a filha dela havia morrido e que havia dois primos que não eram seus amigos no Facebook, então não conseguiam ver a página”, disse a gerente de produto Vanessa Callison-Burch ao site “Slate”.

Amigos e familiares podem indicar a morte do internauta na página de central de ajuda do Facebook. Depois que a rede confirmar o fato, vai colocar um aviso de “em memória” acima do nome do morto e notificar o futuro administrador.

Por enquanto, o sistema está disponível apenas nos Estados Unidos, mas será oferecido em outros países em breve. Hoje, no Brasil, se uma pessoa cadastrada no Facebook morre, a família pode pedir ao site para deletar a conta ou ter acesso a ela.

HISTÓRICO

O Facebook não é a primeira companhia a adotar uma política para o “pós-morte”.

Em 2013, o Google criou ferramenta que permite escolher depois de quanto tempo de inatividade as informações da conta devem ser apagadas –3, 6, 9 ou 12 meses. Também é possível selecionar dez contatos que receberão dados de todos os produtos da empresa, como o Gmail.

Comentários   

0 #1 Thiago Cunha 20-05-2018 16:49
Excelente texto!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Tel.: +55 11 3031-8378 | 3031-8514

SIGA-NOS:facebook twitter linkedin

logo rodape

Rua Tavares Cabral, 102, 8º andar, cj. 82
Pinheiros - São Paulo/SP

Como chegar

Tel. +55 11 3031-8378
+55 11 3031-8514